Convocação para o Festival Aldeias da Juventude - Juventude Petista do RN

Semana 13

segunda-feira, 31 de março de 2014

Convocação para o Festival Aldeias da Juventude

O ano de 2014 será decisivo para o Brasil. Os desdobramentos possíveis das jornadas de junho do ano passado nos demonstraram a urgente necessidade de acirrarmos nas ruas as lutas por mudanças mais profundas. Por outro lado, os rolêzinhos ao colocarem na ordem do dia o acesso à cidade e o direito ao território, também evidenciaram os conflitos raciais que escapam das análises contaminadas pelo mito da democracia racial no país. Sinal de que há um longo caminho de disputa de projetos no país, onde devemos aliar uma enorme capacidade de erguer mais trincheiras nas batalhas ideológicas com a firmeza histórica de manter as nossas trincheiras nas ruas!

É preciso preencher a vida do povo com a concepção de uma nova sociedade construída a partir de novos e essenciais valores. É preciso fazer com que a Juventude se identifique ainda mais com luta de seu povo, estando lado á lado do PT e dos movimentos sociais na construção do caminho brasileiro para o socialismo.

Em 2014, também, completam-se 50 anos do Golpe Civil-Militar de 1964. A agenda memorialista é um convite a um balanço sobre a democracia brasileira, os avanços alcançados desde a redemocratização e o grande processo de inclusão iniciado pelo Governo Lula em 2003, que foi continuado pela presidenta Dilma Rousseff. De outro lado, será o momento de ter em perspectiva o desafio de vencer as eleições criando as condições para um mandato superior ao atual, o que inclui retomar agendas pendentes e promover reformas estruturantes.

Ao responder a tais desafios, o Partido dos Trabalhadores estará dialogando com os jovens que ocuparam as ruas do Brasil em junho e que pediram mais direitos e melhores serviços públicos.


O Festival Aldeias da Juventude que a Secretaria Nacional de Juventude do PT irá realizar, vai acontecer no estado de São Paulo, nos dias 30, 31 de maio e 01 de junho e será um importante momento de diálogo e acúmulo com a coletividade que constitui a JPT, mas será também um momento de diálogo com as juventudes que seguem mobilizadas em nosso país, na luta por mais avanços. Será um momento de articular cultura, arte e política, não apenas como fazer artístico ou tão somente instrumento auxiliar da linguagem política, mas com o campo simbólico estratégico de construção de um projeto nacional. Esse campo é o espaço de afirmação de valores a partir dos quais fortaleceremos os direitos de exercício da cidadania e sobre eles fundaremos uma sociedade mais justa, solidária, humanista e fraternal.




A cultura enquanto forma de organização e transformação social pode cumprir um duplo papel: construir a identidade nacional deste novo tempo do país e fortalecer valores de uma nova sociedade de convivência, pluralidade e paz. É pela cultura que se vai eliminar o modelo de vida que faz com que jovens da periferia ainda sejam recrutados pelo crime. É pela Cultura que os e as jovens negros/as deixarão de ser mortos pela ação policial que se baseia na eliminação de “inimigos”, ao invés do primor a vida desses jovens. É pela cultura que se vai derrotar a onda racista, sexista, homofóbica e “justiceira” que tem crescido na nação. É pela cultura que os brasileiros vão dominar a verdade sobre a história do Brasil, sejam as glórias libertadoras, sejam as páginas desbotadas da opressão, para amar e defender um país desenvolvido, democrático e soberano. É pela cultura que criaremos uma nova linguagem para construir posições políticas com a juventude.

Compreendendo todo esse momento conjuntural que o país vive, mantendo presente o ideal de que só com mais transformações poderemos alcançar uma nova sociedade, erguida com valores de amor, igualdade e justiça, reafirmando nosso compromisso de continuar promovendo mudanças cada vez mais significativas para os e as jovens do Brasil, a Juventude do Partido dos Trabalhadores convida toda juventude brasileira para construir o Festival Nacional Aldeias da Juventude.

O Festival será precedido de etapas estaduais/locais. Os encontros são de livre organização da JPT em cada estado e devem ser abertos às comunidades, para além dos jovens e filiados, valorizando os espaços zonais, distritais e dos bairros disponíveis, para discutir ideias e propostas para os estados, para o Brasil e incentivar a formação política.
Os encaminhamentos e relatórios produzidos nas etapas estaduais devem ser enviados pra o seguinte endereço de e-mail: juventude@pt.org.br.

Cada atividade estadual deverá indicar os/as representantes que participarão da etapa nacional. O prazo para realização das etapas regionais é de 14 de Março á 25 de Maio. A divisão de representantes por estados segue a seguinte proporção:

I) 50 Participantes: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco;
II) 30 Participantes: Paraná, Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Ceará, Maranhão, Sergipe, Pará, Amazonas e Santa Catarina;
III) 10 Participantes: Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Paraíba, Tocantins, Acre, Rondônia, Amapá e Roraima.


Executiva Nacional da Juventude do PT.


Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário